Saae Ituverava-SP

Última Atualização do Site:
15/05/2019 16:29:24






SUPERINTENDENTE DO SAAE FALA SOBRE METAS PARA AUTARQUIA Enviar por e-mail  Imprimir esta notícia Receber por RSS
16/04/2013 09:12:06



SUPERINTENDENTE DO SAAE FALA SOBRE METAS PARA AUTARQUIA

O superintendente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), o agrônomo Ivan DeiennoEntre as diretrizes mencionadas por Ivan Deienno está a construção de uma Estação de Tratamento de Iodo

Ituverava possui 13.894 ligações de água e esgoto, segundo o superintendente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), o agrônomo Ivan Deienno. Em entrevista à Tribuna de Ituverava, ele conta que, quando assumiu a autarquia, o principal problema encontrado foi a inadimplência.

Para sanar o problema, Deienno afirma que haverá mais rigor no corte de fornecimento de água, que deve ser feito em, no máximo, 40 dias após o vencimento.

Entre suas metas, Deienno destaca uma em especial. “A principal meta de nossa autarquia é que o saneamento básico seja oferecido com eficiência e qualidade, em todo o município”, afirmou o superintendente.

Deienno, 56 anos, é casado com Rosa Lidia de Lima Gambi Deienno e tem os filhos Júlia Gambi Deienno, Luis Gambi Deienno e André Gambi Deienno.

Tribuna de Ituverava – O sr. assumiu o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE). Quais são os principais problemas detectados nesta área, no município?

Ivan Deienno – O principal problema detectado de imediato foi a inadimplência. Atualmente, estamos com problemas nas bombas das ETES, mas já estamos tomando as devidas providencias.

Tribuna de Ituverava – Quais são suas metas à frente do SAAE? Quais serão suas prioridades?

Deienno – A principal meta de nossa autarquia é que o saneamento básico seja oferecido com eficiência e qualidade, em todo o município.

Tribuna de Ituverava – Quantos funcionários o SAAE possui? Em quais setores estão distribuídos? O sr. deverá realizar alguma mudança administrativa na autarquia?

Deienno – A autarquia possui 98 funcionários, sendo um superintendente, que chefia a autarquia, e os outros funcionários distribuídos nos setores de Contabilidade, Tesouraria, Recursos Humanos, Jurídico, Administrativo, Centro de Processamentos de Dados, Almoxarifado, Copa/Cozinha, Hidrometria, Rede de água e esgoto, Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), subestação elevatória I, subestação elevatória II; Estação de Tratamento de Água (ETA); as Caixas D’água dos bairros Tropical, Estação, Cohab e Guanabara.

Também pertencem ao quadro do SAAE, os funcionários da Estação de Tratamento de Esgoto de São Benedito da Cachoeirinha, e das Caixas D’água de São Benedito, de Aparecida do Salto e de Capivari da Mata.

Tribuna de Ituverava – Quantas ligações de água e esgoto o município possui?

Deienno – Atualmente, o município possui 13.894 ligações, na cidade, nos distritos e bairro rural.

Tribuna de Ituverava – Como será a política da autarquia quanto aos cortes no fornecimento de água? Qual será a tolerância?

Deienno – Nós seremos bastante rigorosos, pois temos um orçamento de R$ 6,5 milhões para ser comprido e dependemos da arrecadação da autarquia. Para cortes, a tolerância será de, no máximo, 40 dias após o vencimento, podendo ser cortada no dia seguinte a este prazo, se não houver o cumprimento do pagamento.

Tribuna de Ituverava – Houve na cidade alguns “apagões” no abastecimento de água. Por que eles acontecerão? Outros poderão ocorrer?

Deienno – Os problemas ocorridos com o abastecimento de água neste ano foram ocasionados, principalmente, por sobrecarga do sistema causada por ‘picos’ de energia e de descarga elétrica.

Houve problemas em uma adutora, no trecho ETA – Estação de Tratamento de água, que teve uma luva deslocada logo na saída da estação, resultando em um grande vazamento. Embora o SAAE execute constantemente medidas preventivas e de manutenção, problemas sempre poderão ocorrer, porém, temos uma equipe especializada para solucioná-los no menor tempo possível.

Tribuna de Ituverava – Como o sr. analisa a qualidade da água para consumida cidade? Ela é fluoretada, e o que isso representa para a população?

Deienno – A qualidade da água distribuída em nossa ETA atende todos os padrões de potabilidade, onde os parâmetros de qualidade são rigorosamente avaliados pela Vigilância Sanitária através de relatórios de analises realizados de acordo com as normas vigentes.

A fluoretação é realizada em atendimento a LEI nº 6.050/74, onde esse benefício está diretamente relacionado com a saúde bucal.

Tribuna de Ituverava – Depois de concluir a Despoluição do Rio do Carmo – com construção da rede coletora de esgoto e Estação de Tratamento de Esgoto –, outro projeto do SAAE era a reforma da Estação de Tratamento de Água (ETA). O sr. pretende dar continuidade a este projeto?

Deienno – Sim, inclusive estivemos na FUNASA pleiteando verbas para dois projetos de grande importância para o município e para o meio ambiente, e para melhorias da Estação de Tratamento de Água, pois prevêem o aumento da capacidade de produção de 90 Litros por segundo, para 213 L/s.

O aumento da capacidade produtiva de água potável também tem grande importância, pois em dias de pico se registra vazões de até 180 L/s, o dobro da capacidade das instalações atuais, e com a implantação dos novos loteamentos na cidade (3.500 lotes), teremos um aumento de 20% a mais da demanda atual.

Outro projeto pleiteado foi uma adutora de 2.165 m a ser construída no Centro da cidade, ligando o reservatório da ETA a elevatória da Estação visando a melhoria no abastecimento e reduzindo os problemas de pressão e a conseqüente falta de água.

Tribuna de Ituverava – Como está a ETE? A Estação já funciona a toda capacidade? Quais outras estações de tratamento de esgoto o município deverá construir?

Deienno – A ETE está em pleno funcionamento e conforme analise da CETESB, com eficiência acima de 80%, atendendo a legislação vigente.

Atualmente, o maior problema enfrentado com o sistema de esgotamento sanitário de Itu- verava é o lançamento inade-quado de águas de chuva nas redes de esgoto, comprometendo o sistema de bombea-mento, principalmente nesta época do ano.

Somente nesta semana tivemos problemas com duas bombas da Estação Elevatória de Esgotos 1, localizada na confrontação do Córrego Lava-Pés com o Rio do Carmo, que já foram encaminhadas para fábrica em Santa Barbara do Oeste.

O SAAE estabeleceu prioridades para busca de recursos e investimentos em obras de saneamento, e contamos com o apoio do superintendente da FUNASA Raze Rezeke na aprovação e liberação desses recursos. Também serão feitas obras de adequação nos distritos de Aparecida do Salto e Capivari da Mata.

Superintendente fala sobre projeto de Estação de Tratamento de Iodo
Uma das metas anunciadas por Deienno é a construção uma Estação de Tratamento do lodo gerado nos decantadores e filtros.

“Atualmente, o lodo da ETA está sendo lançado no Rio do Carmo sem prévio tratamento, essas descargas acontecem em períodos de 2 em 2 meses em grande volume, contendo produtos químicos utilizados no tratamento”, afirmou o superintendente do SAAE.

“O objetivo do Projeto de Tratamento do lodo a ser implantado é separar resíduos sólidos e líquidos, descartando o material restante em aterro sanitário adequado”, concluiu Deienno.





Fonte: Assessoria de Imprensa

SUPERINTENDENTE DO SAAE FALA SOBRE METAS PARA AUTARQUIA - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização.

 AO VIVO - As principais notícias da sua cidade
 15/06/18 - PREFEITA ASSINA CONVÊNIO PARA CONSTRUÇÃO DE EMISSÁRIO DE ESGOTO PRÓXIMO À SANTA MARIA
 15/06/18 - PREFEITA ASSINA CONVÊNIO DE MELHORIAS PARA O SAAE
 15/06/18 - Desperdício de água no Brasil
 22/01/15 - LAVAR CALÇADAS NO PERÍODO DE ESTIAGEM É PROIBIDO NA CIDADE
 29/10/14 - CIDADE PODE RACIONAR ÁGUA A PARTIR DA PRÓXIMA SEMANA
 ARQUIVO - Acesse todas as notícias


Ituverava,
Busca

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba boletins informativos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.

Qual a sua opnião sobre o novo site?
Excelente
Ótima
Boa
Regular
Pode Melhorar

Veja o resultado